Rima Dela: Mirapotira fala da importância da cultura Hip Hop e dificuldades das mulheres no movimento.

Chegamos na sexta edição do Projeto Rima Dela, e dessa vez trocamos uma ideia com Mirapotira. Ela é natural do Amazonas, cresceu na cidade de Manaus, onde deu início a sua trajetória no Hip Hop, cantando em um grupo de Rap na sua cidade natal, e foi daí que sentiu a necessidade de ver mais mulheres no movimento.

Há 5 anos, Mirapotira mora e é atuante na cidade de Salvador, onde faz parte do ”Rima Mina”, um coletivo formado pela grafiteira Sista K, a Mc e cantora Cintia Savoli e Dj Nai Sena, onde atuam na cultura Hip Hop com o intuito de fortalecer e empoderar as mulheres por meio dos elementos da cultura. O Objetivo  do coletivo é promover ações culturais atrelada a participação política por parte das mulheres.

A mc se consagrou-se vice-campeã do Duelo Nacional de Mcs e já foi  campeã de vários títulos estaduais. Mirapotira traz em seu repertório muita atitude e mensagens impactantes.  Acompanhe a entrevista no topo; e o clipe de “Sobrevivente da Rua”, de Mirapotira e Cintia Savoli:

O Rima Dela é uma projeto feito pelo coletivo feminino  (PE) e tem o intuito de incentivar  mulheres a ocupar seu devido espaço dentro da cultura Hip Hop, e que através desse canal, elas possam se mostrar cada vez mais, por meio da música, da poesia, da sua arte e que se expressem livremente, mostrando a importância das suas conquistas e da sua voz dentro do movimento e da sociedade.

RIMA_DELA_MIRAPOTIRA (3)

Comentários estão fechados.