Rima Dela: De Lauro de Freitas (BA), Mariana Feramina ‘larga o doce’ e fala que é uma delícia ser mulher no Rap

Em 2017 se depender da gente, vai ter mulher no topo sim, com respeito, por mérito e com igualdade. Nossa próxima participante do Rima Dela, vem de Lauro de Freitas (BA), cria das rodas de freestyle e cheia de respostas na ponta da língua.

Mariana Feramina, começou no rap através do freestyle, mas o que a encantava de verdade era fazer música. Sem se contentar somente em fazer backvocal e com a caneta afiada, a Mc começou a compor suas próprias letras e fez de sua voz a obra principal. Tenham o prazer de assistir e conhecer um pouco sobre o corre de mais uma, entre milhares de minas que fazem parte do cenário no rap nacional.

— Não é difícil eu ser mulher no rap, porque isso eu já sou todo dia… O difícil é eles aceitarem que a mulher tá aqui e tá presente. Ela tá desde o início do rap, não como telespectadora ou apoiadora, mas como cantora, como Mc, e ainda como beatmaker… Ela tá pra trazer o grito que falta no rap.

Nessa edição contamos com o amor e apoio de Caio Tavares na fotografia, filmagem e edição. Assistam, que está maravilhosa.

Pra quem não conhece, o Rima Dela é um projeto exclusivamente feito com mulheres, pelo coletivo Soul Di Rua (PE), com o intuito de dar mais visibilidade e voz as mulheres através de seus trabalhos, suas ideias, rimas e improvisos. Um espaço onde elas se expressam abertamente, mostrando a força e a importância de todas as mulheres dentro do movimento Hip Hop.

Comentários estão fechados.