Denunciando o racismo e retratando a verdadeira Salvador, grupo WWL lança o álbum ‘3X4’

0

Fazendo RAP desde 2013, o WWL (sigla para Wallace, Wesley e Lucas, os três MCs do grupo) surgiu na cidade de Camaçari, região metropolitana de Salvador, e desde então músicas de protesto contra o racismo e outras problemáticas sociais são temas constantes na lírica dos três rapazes.

No último dia 12, mais um capitulo da história do grupo foi escrita. Trazendo uma fúria lúcida” nas canetas e verdadeiras linhas de soco que nocauteiam os mais alheios a realidade, o WWL dropou o álbum “3X4″, trazendo protesto, empoderamento negro e um grito de representatividade que remete as raízes mais bonitas da cultura hip-hop.

A obra conta com 12 músicas, das quais 9 são inéditas. O repertório do novo disco inclui “Direito de Vingança” (remix de “Cleanin’ Out My Closet” do rapper Eminem), que conta com mais de 14 mil visualizações no YouTube. O grupo também faz outro remix no álbum, dessa vez na faixa “Entre Linhas“, que fecha a obra e traz o icônico instrumental de “Guilty Conscience“, de Eminem e Dr. Dre.

“3X4” foi produzido de forma independente durante os últimos sete meses e conta com participações de artistas do RAP baiano e de outros gêneros musicais, a exemplo de Tayná Calmon, vocalista do bloco afro Malê Debalê. Outros nomes da cena baiana que ajudam a abrilhantar o álbum são Cíntia Savoli, Alfa, Áurea Semiséria, Senpai, Visioonárias, Fúria Consciente e Faustino Beats.

Em suma, “3X4” é mais uma bela obra de representatividade negra narrada por três jovens da nova e talentosa safra do RAP-BA. Um trabalho com idéias reais do início ao fim e que vem banhado com toda estética e inspiração que a cidade de Salvador tem para oferecer.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.