Comunista Rico, de Diomedes Chinaski, concorre à melhor música nacional de 2018 pela RedBull Brasil

0

O rapper Diomedes Chinaski está entre os primeiros colocados, ao lado de Djonga e Devasto, na disputa pelo prêmio de melhor música nacional do ano, realizada pela RedBull Brasil desde segunda-feira (22). Atualmente, o artista ocupa o terceiro lugar com a faixa “Comunista Rico“, de sua mixtape homônima, com cerca de 2 mil votos.

O artista afirma que participar da lista é algo “motivador” para ele. “Foi uma surpresa, já que minha carreira é orgânica e é algo grandioso, pois a maior parte dos artistas envolvidos estão no mainstream. Fico muito feliz ao perceber que o conceito do trabalho foi absolvido, mesmo sendo ousado e não apelativo. Me faz ter certeza de que estou conseguindo traçar um caminho e mostra que meu som transcede a cena Hip Hop”, explica.

A obra tem diversas participações, tanto de intérpretes quanto de produtores musicais. As vozes de Coruja BC1, Djonga, Don L, Felp22 (Cacife Clandestino), Jovem Esco, Luiz Lins, Makalister, Nego Max, A Orquestra Imaginária, Raffa Moreira, Síntese e Zaca de Chagas complementaram o disco com maestria. O time de beatmakers é composto por Dario Beats, HTTP, JNR Beats, Luiz Lins, M2K, Makalister, Mazilli, A Orquestra Imaginária, Will Diamond e Willsbife. A mixagem e masterização foram realizadas por Locaut.

A votação inclui 50 canções e é possível escolher mais de uma opção de voto, mas não se pode repetir uma escolha. As cinco músicas menos votadas são excluídas semanalmente para inclusão de outras cinco. Para votar, acesse https://www.redbull.com/br-pt/melhor-musica-nacional-de-2018 e selecione seu candidato.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.