Zimba Selektor e Dropê Selva apresentam o clipe ’02 de fevereiro’

0

Zimba Selektor é nome mais que reverenciado na música de pista da Bahia. É parte de uma cena que foi recentemente rotulada de “Bahia Bass”, mas é mais do que isso. Zimba Selektor é sound system, é latinidade, é hip hop, é Jamaica roots, é global bass, é urban beats, é o que há de mais moderno no Brasil.

Beatmaker, produtor musical e cultural e DJ, o jovem Gabriel Aguzzoli, de 25 anos fez carreira e fãs pelas casas underground do Rio Vermelho, em Salvador, e pelos grandes festivais de música eletrônica do Brasil como o Universo Paralello (Pratigi – BA) onde se apresentou nas 4 últimas edições; Zuvuya (Brasília – DF); Ressonar (Lençóis – BA) e, claro, no Carnaval de Salvador, comandando um trio elétrico no circuito Barra-Ondina, dividindo espaço com Karol Conká e Liniker. Também já abriu shows de grandes astros internacionais como a turnê de Max Romeo & The Congos (JAM) e Mc Soom T (UK). E nacionais como: Mundo Livre S/A, BaianaSystem e Novos Baianos.

Odoyá! O primeiro lançamento audiovisual do produtor musical Zimba Selektor é o clipe “02 de fevereiro”, da parceria musical com Dropê Selva, o poeta cantador que o acompanha há tempos com suas rimas afiadas e flow certeiro.

Dropê

O clipe foi gravado pela equipe da Ganja Filmes no dia 02 de fevereiro do ano passado, na festa que acontece no bairro do Rio Vermelho, em Salvador.

A música é uma homenagem à rainha dos mares, Yemanjá. A festa do 02 de fevereiro, dentre as festas de rua que temos em Salvador, é sem dúvida nenhuma a mais elegante, alegre e a que agrega maior conteúdo cultural. É uma celebração importante, de sincretismo religioso, onde não somente diferentes tribos se juntam, mas também se misturam as religiões. Então existe uma grande quebra de tabus e preconceitos neste dia, que é a função da Rainha das Águas: de limpar e ser fonte de criação e de renascimento

Zimba

A faixa é uma fusão dos timbres modernos da música eletrônica com os timbres orgânicos, ancestrais e clássicos da Bahia. Um mix de trap, dancehall, percussão orgânica e samplers de cânticos do candomblé.

Podemos chamar de Bahia Bass

O lançamento do clipe 02 de fevereiro será feito nos canais de Youtube de Zimba Selektor e Ganja Filmes, e também na festa que Zimba Selektor comanda no Red Depósito Bar, no Rio Vermelho. A partir das 19h, a pista Selva contará com as participações de MC Maomé (Cone Crew Diretoria), Dropê Selva, Vandal, DJ Eduardo Brechó em evento gratuito.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.