Diomedes Chinaski e Haikaiss combinam para um feat “inimaginável” no novo clipe de “Placa Berrada”

Foto: @36n63
0

Um feat “inimaginável” chega hoje nas principais plataformas digitais. Após dois anos de “Sulícidio”, a “diss” que colocou o NE no eixo do Rap nacional, Diomedes Chinaski estrela clipe ao lado do grupo paulista Haikaiss. “Placa Berrada” é o nome da música que sela uma parceria entre Mc’s com trajetórias muito distintas, mas que concordam em pelo menos uma coisa: o rap é rua.

“Placa berrada” assinala um momento de experimentação e que, mais uma vez, prova a importância de Sulicídio para quebrar as barreiras que travavam a expansão de artistas do nordeste brasileiro. Ano passado, Chinaski teve a mixtap “Comunista Rico” em todas as listas dos melhores álbuns do ano. Morando em São Paulo, o MC pernambucano está focado em seu primeiro disco, com previsão de lançamento para o segundo semestre.

Assista o novo clipe “Placa Berrada” do Haikaiss e Diomedes Chinaski

Criado em 2006, o Haikaiss completa 13 anos de carreira como um dos grupos mais atuantes no gênero, que tem feito a cabeça de muitos jovens. O rap entrou na lista dos maiores sucessos e isso pode ser visto no número de visualizações dos vídeos do YouTube. O grupo formado por Spvic, Spinardi, Qualy e DJ Sleep possui cinco alguns gravados. Todos de forma independente pela produtora e gravadora “Esseponto.Records“.

“Conheci Diomedes com Sulicídio. No primeiro momento que escutei a música, não interpretei da maneira correta. Eu não tinha maturidade suficiente pra isso. Por ser o líder do DAMASSACLAN e ver alguns dos meus serem “atacados” na letra me senti ofendido”, conta o MC Spinard. “Hoje, entendo que o objetivo principal não foi atacar Mc’s. Me fez olhar para vários assuntos sociais de outra maneira. No todo, foi um dos maiores impactos que eu vi no Rap Brasileiro. E isso é mérito de quem idealizou e fez acontecer. Abriu portas para outras regiões além do eixo São Paulo- Rio”.

Para Diomedes, “Placa Berrada” marca um momento de entrosamento entre artistas do NE e Sul do país. “Acho que chegamos a outro nível do jogo no Rap. Estamos em outro momento, produzindo muito, ampliando horizontes e as parcerias vão acontecer naturalmente“, comenta.

“Eu sempre fui rico, só faltavam as notas” – Diomedes Chinaski (Foto:
@36n63 )

Vivendo em São Paulo há um ano, o rapper pernambucano se encontra na melhor fase de sua carreira. “São Paulo me ama e tem sido uma temporada muito rica artisticamente falando. Minha impressão é a de que é algo que eu deveria ter feito. A vida, às vezes, oferece poucas oportunidades”, diz.

Spinard informa que vai dar um tempo no Trap. “Depois desse lançamento, o grupo vai se voltar a nossa essência inicial: o boom bap, que amamos e queremos “inovar resgatando”, se é que me entende. Nosso próximo disco será todo de boom bap. como os mais fanáticos diriam: o original Haikaiss”, completa o MC.

Diomedes promete seu primeiro disco ainda para esse ano. O rapper tem na conta vários Eps e Mixtape, mas não considera que nenhum possa ser chamada de disco. “Com certeza sai esse ano. Mas não quero adiantar muita coisa. Ainda estou colhendo os frutos da mixtape. Será um ano de muitos lançamentos, inclusive com várias minas”. O músico também tem se aventurado no universo de produção de beats.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.