Kendrick Lamar no Brasil, confira como foi o terceiro dia de Lollapalooza!

Créditos: Julio Nery
0

O último domingo foi marcado por alguns acontecimentos especiais no Autódromo de Interlagos. Desde sexta,o local recebeu o festival Lollapalloza Brasil, e durante todo o final de semana levou muitas pessoas para assistir shows de artistas nacionais e internacionais. Milhares de pessoas passaram pelo local durante os três dias de festival.

Tivemos um show completo do mestre BK, contando com participações ‘Gigantes’. Um show do Gabriel O Pensador politizado e completamente lotado. Uma apresentação da Iza absurdamente incrível e cem por cento consciente do que ela representava ali. Para finalizar um Kendrick Lamar, que sinceramente, não consegui absorver aquilo até agora.

Pontualmente, às 14h10, BK e sua banda subiam ao palco Budweiser para apresentação. O setlist variado entre seu primeiro e o último álbum, “Castelos e Ruínas” e “Gigantes”, respectivamente, com inserções de alguns singles, agitou a galera que estava na expectativa no show do cantor carioca. Jonas e Juye estiveram o tempo inteiro cantando ao lado do BK.  

Akira Presidente, Drik Barbosa e Luccas Carlos passaram pelo palco com ótimas performances. Quem estava na frente do palco teve a oportunidade de trocar uns socos com o Jonas, foi o próprio cantor que puxou o mosh no final da apresentação ao som de “Top Boys”. Meu destaque vai para “Amores, vícios e obsessões”, mas se dá ao fato de ser a minha preferida do monstro.

Um dos que foram prestigiar o show do BK, foi o Djonga! O rapper mineiro estava na grade e literalmente escondido. Djonga estava encapuzado no meio da multidão, numa tentativa de conseguir curtir o show do seu parceiro de forma tranquila, de tocaia.

Djonga curtindo show do BK no Lollapalooza 2019.

Colei da metade para o final no show do Gabriel O Pensador, e o cantor lotou o Palco Onix embaixo de um sol quente. ‘Até quando você vai levando’ foi o som que fechou a participação do artista no Lolla deste ano, o qual cantou diversos sucessos de sua carreira com mais de 25 anos de estrada.

Ouvi algumas vezes, no rádio, o som da Iza o qual nunca havia prestado devida atenção. Mas, ela mudou minha concepção sobre qualidade de apresentações de artistas nacionais hoje em dia, independente de gêneros musicais.  Com participação surpresa do Marcelo Falcão, a cantora e sua banda fizeram um belíssimo show na tarde deste domingo. Mostrando-se extremamente feliz com sua estreia no festival, ela foi uma das pessoas sortudas que conseguiram tirar uma foto com o K-dot. Veja abaixo:

Iza e Kendrick Lamar no Lollapalooza Brasil

Por fim, e talvez a hora mais aguardada, havia chegado o momento de Kendrick Lamar subir ao palco. O gringo que vem fazendo álbuns dignos de serem classificados como clássicos do gênero. Ele abriu o show ao som de “DNA” , o setlist já era conhecido e o roteiro do show certeiro. Cantou alguns sons dos álbuns “Aftermath”, “Good Kid M.A.A.D City” e “To Pimp a Butterfly” além de sucessos do mais recente “DAMN”.

O que mais me chamou a atenção foi a capacidade de adaptar, acelerar ou mudar versos nos sons de forma tão versátil. Foi uma experiência transformadora ter a oportunidade de vê-lo cantar ao vivo. The real showman.

Confira abaixo um vídeo do Kendrick Lamar ao vivo no Lollapalooza.

Imagens: Caio Teixeira



Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.