Vem conferir Espinhos e Flores Brancas, cypher em parceria dos artistas Souto MC, Jr. Littlecar, MC Bielo, Nup, Sant’ Ana e Ualê Figura

0

Sentindo a necessidade de evidenciar o trabalho de artistas do extremo leste paulista e proporcionar um trabalho audiovisual ao público que não seja superficial e efêmero, é que a cypher Espinhos e Flores Brancas chega as ruas e promete sacudir a cena do Rap Nacional Paulista.

A faixa vem a partir da ânsia em dizer e mostrar o que os artistas vivem, algo que vai além de documentar ou registar imagens, mas de transformar as perspectivas de cada um dos participantes em poesia e arte.

Espinhos e Flores Brancas é a composição da planta Cnidoscolus Quercifolius, mais conhecida popularmente como favela, faveleira, faveleiro ou mandioca-brava. Essa é a planta que deu origem ao termo favela que por ocasião da Guerra de Canudos.

A cypher busca através dessa analogia chegar ao cume do que é a realidade dos moradores das quebradas de SP e de todo o Brasil, quem são as pessoas, quão grande é a poesia do dia a dia dessas pessoas, quão forte são seus sentimentos e aspirações.

Com a participação de Souto MC, Jr. Littlecar, MC Bielo, Nup, Sant’ Ana e Ualê Figura, Espinhos e Flores Brancas mistura o rap, o funk, o reggae e a música brasileira em um trabalho profundo e que transparece as pluralidades de visões distintas e ao mesmo tempo iguais sobre o mesmo assunto.

O clipe foi realizado pela Flutuoso Filmes, direção por Thiago Vinicius Seemann, beat de Triick, produção do Studio Trust e mixagem e masterização por Thiago Lima (Studio Trust).

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.