Tobias e Pikeno mostram que é possível ter classe, até ‘Na Contramão’

0

A Nostalgia é um fenômeno psicológico que pode ser até “artificial” e criado. Por vezes, a nostalgia sentida pelo artista contagia o ouvinte mesmo que não integrado na história e memória que motivou a composição. “Na Contramão” é um exemplo perfeito disso. Tobias e Pikeno PKN estão cada vez mais indo e levando a cena para frente, levando para o futuro e se colocando bem no que há por vir. Indo na direção oposta disto, rimam sobre o passado, abrindo com referência à Black Alien & Speed Freaks, falando sobre infância, rua e momentos compartilhados entre os MC’s.

Também indo em oposição a paz e tranquilidade com que o beat passa, tratam de como a violência e caos é plantado na epiderme, seja de quem se entrega ao jogo ou de quem esquiva do ódio. Carregam referências e sinergia, afinal, ambos abrem seus versos citando artistas underground. No beat do próprio TOBEATS, o sentimento é diretamente exposto, a foto de Kíron Marques ilustra com perfeição a letra.

Captado no Estúdio Caseiro, o som é carregado de sentimento e amizade. Agradecimentos são direcionados para VH que é companheiro de sempre dos MC’s e cedeu espaço para a gravação, para a NEO (Nova Escola do Oeste) por todo o apoio ao longo da caminhada. Já ao público, resta o dever de agradecer todos os envolvidos nessa obra.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.