Studio Ibori – Conexão Amazônia: confira o lançamento do EP ‘Arte Abstrata’

0

Entre os dias 15 de janeiro e 28 de fevereiro a produtora de rap baiana Studio Ibori marcou presença na Associação de Afro Envolvimento Casa Preta, em Outeiro, distrito de Belém do Pará. O objetivo da viagem foi a execução do projeto de residência artística “Studio Ibori: Conexão Amazônia” financiado por um edital de cultura do Estado da Bahia.

O objetivo do projeto é promover um intercâmbio de conhecimento e produção na cena do rap entre o Recôncavo da Bahia e a região metropolitana de Belém. Durante o processo de residência artística foram realizados quatro encontros para discutir a relação da cena norte-nordeste, a partir dos temas rima e educação, relevância social do Hip Hop no combate ao extermínio da população negra e produção independente em áreas periféricas. Durante o último encontro foi exibido e debatido o filme “Infiltrado na Klan”, do cineasta estadunidense Spike Lee.

Como parte do projeto também foram realizadas oficinas de rima e mixagem abertas à comunidade no distrito de Outeiro e em Cachoeira, onde também houve a exibição de um filme produzido com registros da viagem.

A última etapa do projeto em Belém foi marcada pela XI edição do Baile Pelo Certo, apresentando as produções realizadas e compartilhando o espaço de rima com rappers e DJs locais. O Baile Pelo Certo é uma festa gratuita realizada pelo Studio Ibori desde 2016 em diferentes espaços da cidade de Cachoeira e desde 2017 adquiriu caráter comunitário ao destinar toda a sua renda para a realização de atividades ligadas ao cinema e ao hip hop em zonas periféricas da cidade.

Dessa experiência, DJ F3LIP3 aponta que a principal semelhança encontrada na cena do rap underground no eixo Norte-Nordeste é a dificuldade financeira para se produzir. Por conta disso, os MCs e DJs têm apostado na autonomia e criatividade para construir a sua própria indústria:

“A principal que estratégia que a gente tem utilizado pra se manter nesse circuito underground (que a gente sabe que é difícil) é o ‘nós por nós’. Então ‘nós’ mesmo faz nossas paradas. Acho que é isso, manter um ritmo de trabalho no qual a gente comande, onde não tenha ninguém mandando na gente. É ‘nós’ mesmo, tá ligado?”


Agora, finalizando esse ciclo, o Studio Ibori acaba de lançar o EP “Arte Abstrata”, produzido durante o processo de residência artística em Belém do Pará. O EP conta com 8 faixas compostas pelos MCs Aganju e ALendasz, com beats de Aganju e DJ F3LIP3 que também assina o mix/master. A arte da capa foi feita do Daltro Ortlad e a faixa 5 conta ainda com a participação de Gnosis. Confira:

Fotos: Daltro Ortlad.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.