Recheada de monstros sagrados, o novo single de Boca está nas pistas

1

Num belo dum lo-fizinho rolou uma reunião de grandes nomes do submundo do rap de SP. Rômulo Boca, niLL, Tadela e Sérgio Estranho. Os 2 primeiros, neste caso, apenas rimando, os dois que seguem, responsáveis pela produção. Já que boca é advindo do Nordeste e tem sua carreira construída em SP, niLL é do interior paulista, o som sai como a junção de universos, ou melhor, a criação de um “Multiverso”.

O som é o clássico boombap lo-fi, a cara de niLL, a cara do Rancho Mont Gomer, a cara de todos os envolvidos. A letra, em meio ao instrumental relaxante, causa a ânsia de dar replay na música, no objetivo de entender melhor o significado de cada verso. Por linhas baixas, pode ser definido como um som sobre o que cada um é, explanado por experiências e visões.

Tanto a foto da arte quanto a finalização da mesma, foram feitos por Rafael Vieira. Não apenas servindo como capa do single, mas retratando o sentimento principal de tudo, sendo uma verdadeira ilustração da música.

1 comentário
  1. Claudinei Diz

    Da hora

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.