Em projeto Bumerangue, Inquérito lança ‘Voz do Coração 2.0’

0

Renan Inquérito preparou releituras de 9 clássicos para comemorar suas duas décadas dedicadas ao hip hop. Depois do sucesso de “C Consegue 2.0” e “Miséria 2.0“, chegou a vez do terceiro single do projeto Bumerangue, “Voz do Coração 2.0” chegar em todas as plataformas digitais! O sétimo disco do rapper irá lançar uma música e um clipe por mês até dezembro.

Imagina lançar um bumerangue no passado e pegar 20 anos depois? Essa é a ideia dos lançamentos que trazem novas versões de músicas que fizeram parte dos meus primeiros discos. O Bumerangue do Inquérito percorre 20 anos de história, com a rapidez e a sacada de suas rimas – 20 anos luz de Ritmo, Amor e Poesia. Tem muita história, tem entrega, paixão e luta.

Voz do Coração

Com a participação especial da cantora IamLawn (da Nova Zelândia) no refrão, a faixa “Voz do Coração” teve produção musical e mixagem assinada pelo conceituado DJ Duh, baixo e violão de Marcelo Cruz, piano por Diogo Nazareth, guitarra de Cesar Bottinha, trompete de Manchuria Heredia, coordenação vocal de Thiago Jamelão e Pop Black e masterização de Maurício Gargel. O som lançado incialmente em 2010, que integrou o álbum “Mudança”, ganhou nova musicalidade e ajustes na letra.

“Em Voz do Coração, foi a primeira vez que eu escrevi sobre o amor de forma tão direta. (…) tinha vergonha de expor esse lado mais sentimental, sempre fui muito mais das letras críticas, que relatavam problemas políticos ou sociais, e aí eu queria fazer um “Love Song” até mesmo como um desafio para mim, enquanto artista e enquanto compositor. Na música original havia uma frase que falava “nem as mensagens de texto você quis apagar”, tive que trocar pra WhatsApp nessa versão moderna! Quis muito fazer essa música neste projeto Bumerangue (…) nos tempos de guerra em que vivemos precisamos mais do que nunca falar sobre o amor!

Renan Inquérito

Com seis discos lançados, “Mais Loco que U Barato” (2005), “Um Segundo é Pouco” (2008), “Mudança” (2010), “Corpo e Alma” (2014), “Corpo e Alma REMIX” (2016) e “Tungstênio” (2018), Inquérito tem uma carreira musical consolidada e parcerias com importantes artistas nacionais e internacionais. Essa intimidade com a palavra também aparece na sua produção como escritor, sua face literária é profunda e contundente.

Em suas obras, o poeta compreende que a palavra que habita a página tem um poder diferente. A “Parada Poética”, é um sarau que começou pequeno, num bar de Nova Odessa-SP, em 2013, e cresceu até ocupar a estação ferroviária da cidade. Uma vez por mês, a parada do trem se enche de “poesia de primeira, numa noite de segunda”, bordão criado pelo artista que convida escritores e o público para se apropriar do seu microfone e “maltratar a gramática e jogar a culpa na licença poética”, diz Renan.

O rapper se tornou professor, formado em geografia pela UNICAMP, mestre pela mesma universidade e doutor pela UNESP. Sua produção acadêmica não abandona sua experiência de vida, ao contrário disso, a leva para dentro dos muros do conhecimento letrado, criando pontes entre o saber instituído e a cultura popular de resistência.

Bumerangue

Seu sétimo disco vem para celebrar os 20 anos de carreira e será lançado como um bumerangue: no ar, no tempo, trazendo de volta músicas “perdidas” em discos anteriores.

São releituras de sons antigos com novas participações e sonoridades, experimentações que ainda renderam espaço para canções inéditas que também estarão no álbum realizando velhos desejos musicais e surpresas que serão reveladas mês a mês neste ano de 2019.

(…) quero lançar uma música por mês, afinal é um aniversário de 2.0 poxa, uma data muito especial, não pode durar um dia só ou um mês, tem que durar o ano todo! (…) Quero que ouçam meus sons várias vezes, tipo aquele efeito Boomerang do celular, ficar indo e voltando saca?

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.