Agora a Batalha do Barreiro -ou FaráOeste- em BH tem um canal no Youtube, você já viu?

0

A título de informação, pra quem ama ver batalha de rima pelo Youtube, é bom que saiba: a revolução agora é “televisionada”. (risos).

Belo Horizonte já é conhecida por ser a terra do freestyle. Anos e anos de história com o Viaduto Santa Tereza e o nosso queridíssimo Duelo de MCs. Quantos MCs não se consolidaram ali, naquele espaço de resistência bem no baixo-centro da cidade? Quantos MCs não aprenderam a rimar vendo o canal da Família de Rua, inspirados em Douglas Din, Clara, Chris, FBC, Kadu dos Anjos?

Mas o negócio é que Belo Horizonte não faz história só no centro. Houve uma época que na Zona Norte tinha batalha todos os dias da semana, só quem presenciou sabe o quão histórico foi esse movimento organizado pelo coletivo Rap Lado Norte.

E hoje eu escrevo pra comemorar que a Batalha do Barreiro ou Batalha FaráOeste Clandestina, um dos movimentos mais intensos e raiz que tive a oportunidade de colar, agora pode ser assistida pelo Youtube e pode inspirar pessoas também.

“Toda quarta é nois!” é o mantra de resistência da batalha, que existe e resiste, desde 2016. É chamada de clandestina porque começou a capela e sem a presença de juízes, claro, antes de tomar a proporção que tem hoje, que conta com de 800 a 1000 pessoas presentes toda semana.

Independente de condições climáticas, ou dificuldades infraestruturais, a FaráOeste resiste! Felizmente agora a batalha conta com o apoio do Pala Studio, que está registrando esses momentos essenciais pra manutenção da cultura com toda a qualidade técnica de áudio, visual, equipamentos e afins. Um salve pro Renan Guaceroni, ou 1RG, que sempre faz um papel necessário nos movimentos da cidade.

Caso queira ser um apoiador do movimento, acesse o Instagram @faraoeste ou entre em contato com o Coletivo Movimenta Barreiro.

No mais, vamos acompanhar as batalhas no canal que sairão semanalmente. Não esquece de se inscrever no canal.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.