Como Celo se tornou um dos produtores mais relevantes da cena

Em 2016 o rap já estava de volta ao mainstream e com bons representantes. O Trap já era uma realidade para aqueles que tinham a mente e ouvidos abertos. No meio disso, um jovem chamado Marcelo decidiu gravar seus sons em casa, com headset barato e beat de internet. Após um tempo, sem saco pra comprar bases, decidiu produzir as próprias bases, na finalidade de só economizar.

Clicando baixo

Ainda em 2016, entrou pra cena, principalmente a do SoundCloud. Membro da LowCliqueBoys, desenvolveu e aprimorou sua qualidade na produção musical como um todo, desde a composição do beat até mix e master. Através do coletivo criou pontes com nomes que hoje são enormes no cenário do trap e consolidou seu lugar no meio da cena. Com diversas produções alcançando bons números, a hora da virada chegou.

Devia ter feito 10K antes

Dois mil e dezoito teve um dono e a tomada de posse ocorreu em Julho, onde não só mudou sua posição como mudou o jogo. Além de belos clipes e flows únicos, os sons mais marcantes tinha outra coisa em comum: logo no começo era possível ouvir “Celo, você é foda!”. Consolidando grandes sons em 2018, passou a ser exaltado não só pela própria tag, como em refrões, vide “Vou ficar rico, é certo, depositei pro Celo”.

Posta minha prod no stories e mostra pra Nicole Bahls

Não satisfeito em virar o jogo em 2018, em acumular mais de 18 milhões de plays com Raffa só no YouTube, uma mixtape em collab com Mc Igu que bateu os 2,5 milhões sem um clipe sequer, Celo foi além. Conhecido e identificado por sua sonoridade melódica, similar a fonte de Atlanta, pediram um banger – ou bate cabeça se você preferir – e o profissional fez, com a maestria de alguém que só faz esse tipo de bases. Em todas redes sociais e até na TV, “Nicole Bahls” foi o hit do ano no trap.

Valeu mãe, eu e meus amigos vamos ficar ricos

A base forte e intimista, num pleno casamento com letra e clipe, três grandes talentos e a amizade na união pelo progresso, assim surgiu “Sorry Mom” de Duzz, com feat de Raffa. Num trabalho que acima de tudo representou a mudança numa vida, Duzz cravou que seu filho nasceria bem e Celo teria conforto. 2 meses depois, Gael está saudável no mundo e o trono no topo da cena parece bem confortável. Raffa conta que se organizando e roubando o filme, seus amigos ficam ricos.

Trabalho, Topo e Twitter

O trabalho e qualidade de Celo já se tornou consenso. A versatilidade em produções melódicas para artistas de estilos diferentes, o hit em bate-cabeça, o reconhecimento de artistas de outros gêneros; tudo isso o colocou na parte mais alta da cena, onde lança trabalhos de alta qualidade e com frequência. Em meio a tantas funções, provou recentemente que serve até de oráculo e 2 anos atrás sabia onde chegaria.

Previsão feita em 2017.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.